16/04/2018 07:27:00

Perda do controle pode ter provocado queda de avião que matou ex-moradora de Feliz Natal

CENIPA apura as causas do acidente aéreo

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) apontou, preliminarmente, através do 'Painel Sipaer' que a queda do avião modelo Cessna Aircraft C210, a poucos metros da pista do aeroporto de Itaituba, no sudoeste do Pará, pode ter sido provocada pela perda de controle em voo. Porém, o relatório final das investigações ainda será concluído. Não há prazo específico para que isso ocorra.

Consta no registro oficial da ocorrência que “a aeronave decolou do aeródromo de Itaituba por volta das 17h 45min para realizar um voo local com dois tripulantes e três passageiros a bordo. Às 18h05 o piloto realizou uma passagem a baixa altura nas proximidades de um hangar, no qual ocorria uma comemoração alusiva ao dia do aviador. Em seguida, o piloto perdeu o controle da aeronave e colidiu contra o solo. Todos os ocupantes faleceram no local. Houve danos a terceiros e o avião ficou totalmente destruído”.

O acidente fatal ocorreu no dia 22 de outubro do ano passado. Estavam no avião, o piloto Diego Kroetz, de 21 anos, copiloto Weverton Marinho, 41 anos, e as passageiras Roberlania Dantas Marinho, 43 anos, Rosalina Metilde Santos Werlang, de 45 anos, e a advogada Josenilde Oliveira, 32 anos. Todos morrem no local.

Diego Kroetz foi sepultado em Sinop onde morou há alguns anos e depois foi para Itaituba. Ele trabalhava transportando ouro dos garimpos até São Paulo para uma empresa que faz a extração no mineral na região. Além dele, Rosalina Metilde também foi moradora de Mato Grosso, em Feliz Natal (130 quilômetros de Sinop). Os corpos de Weverton, Roberlania, Josenilde Oliveira, 32 anos, foram sepultados em  Itaituba (PA). Já Rosalina foi enterrada em Belém.

 

 

 

 

Fonte: Só Notícias